Eleanor & Park

Oi people! Acabei de ler mais um livro e dessa vez estou mega chorosa! O livro da vez foi “Eleanor & Park” e como eu A-M-E-I resolvi vir compartilhar ele com vocês. (Obrigada Marília por me emprestar ♥ )

Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

O site Saraiva dá uma sinopse muito boa, mas não é só isso que o livro transmite. Cada livro que eu leio parece que tem alguma mensagem or trás que me faz refletir muito. Esses dias eu conheci um rapaz que eu achei muito gato e etc, mas ele (assim como outros que eu conheci) resolveu criticar o meu cabelo, dizendo que cachos não são bonitos e que eu deveria alisar o cabelo ou mudar o meu jeito e etc… Eu gosto dos meus cachinhos e gosto do meu jeito e não acreditei que isso poderia ser motivos para alguém desistir de mim. Mas esse livro me mostra que quando alguém realmente gosta de você, ele não vai ter "vergonha" do seu estilo e também não vai te fazer mudar, vai te amar e vai adorar cada pedacinho seu.

Esse livro também mostra o quanto um amor verdadeiro é puro. Eleanor tem seu jeito meio "meninão" e Park ama isso. Ele ama como ela se comporta, como fala, como se veste… E ela ama o jeito dele todo fofo..

Isso me fez acreditar no amor de novo, sabe? Como meu aniversário está chegando e eu completarei 20 anos, estava pensando que está na hora de ter relacionamentos maduros e etc mas esse livro só me mostrou o quanto é bom se apaixonar e ter um amor uro, inocente e adolescente.. (Ai que amooor, to chorosa)

Outra coisa que me chamou atenção também é os problemas familiares que Eleanor passou. Acredito que muitos jovens, assim como eu, já passaram pro momentos de brigas e por momentos difíceis. Porém Eleanor foi forte, e mesmo não tendo tantos amigos ou não sendo popular (realidade de muitos) ela conseguiu achar sua felicidade: Park.

Quer saber mais? Leiam o livro e me contem porque eu não vou dar Spoiler hahahah.

"Eleanor e Park é muito mais que uma história de amor de uma garota e um garoto que gostam de quadrinhos e músicas. O livro fala sobre superação, sobre os problemas da vida, sobre a perda e claro, sobre tudo o que ganhamos quando passamos dificuldades. Eleanor e Park também chegará aos cinemas."

Separei algumas frases para vocês ficarem com muuuuita vontade de ler esse livro também :

  • Só o que faço quando estamos separados é pensar em você, e só o que faço quando estamos juntos é entrar em pânico. Porque cada segundo parece ser tão importante. E porque sou tão maluca, não me controlo. Não sou mais minha, sou sua; e se você resolver que não quer mais me ver? Como pode me querer como quero você?
  • A gente acha que abraçar uma pessoa com força vai trazê-la mais para perto. Pensamos que, se a abraçarmos com muita força, vamos senti-la, incorporada em nós, quando estivermos longe. Toda vez que Eleanor ficava longe de Park, sentia sua perda.
  • Era como uma obra de arte, e arte não deve ter boa aparência, mas sim fazer a gente sentir alguma coisa.
  • Segurar a mão de Eleanor era como segurar uma borboleta. Ou um coração a bater. Como segurar algo completo, e completamente vivo.
  • - Por que você gosta de mim? - Não gosto de você – ele disse. - Eu preciso de você.
  • Porque Park era o sol, e essa era a única explicação que Eleanor poderia dar.
  • Você salvou a minha vida, ela tentou dizer a ele. Não para sempre, e não de forma completa. Provavelmente apenas temporariamente. Mas você salvou a minha vida, e agora eu sou sua. A versão de mim que existe agora é sua. Para sempre.
  • Quando tocou a mão de Eleanor, ele a reconheceu. Ele soube.
  • Não gosto de você, Park. Eu acho que vivo por você.

Wow! Quanta frase linda (já tô chorosa de novo hahah). Adoraria que todos lessem esse livro. Não vão se arrepender.

Beijinhos, Anastácia ♥

Veja também

Por: Anastácia Kaziuk

Oi! Meu nome é Anastácia Kaziuk, tenho 24 anos e sou de Ji-Paraná, Rondônia. Sou técnica em Informática pe...